MP investiga repasse a igreja

JÉSSICA BENITEZ 
Da Reportagem 

Pelo jeito o dinheiro do dizimo (10% do faturamento mensal dos fiéis) não está sendo suficiente para sanar os gastos de igrejas evangélicas de Cuiabá. A Secretaria de Estado de Cultura (SEC), comandada pelo deputado licenciado João Malheiros, está sendo alvo de investigações pelo Ministério Público Estadual (MPE). De acordo com a portaria n°. 22/2012, um inquérito foi instaurado para averiguação de irregularidades na liberação de R$ 193 mil pela SEC à Convenção Regional dos Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus (Cormead-MT).

Durante as investigações preliminares, foi constatado que Malheiros concluiu convênio (n°011/2011/SEC) com a Cormead-MT, cujo valor total era de R$ 212,3 mil, cabendo ao Estado o repasse de R$ 193 mil em uma única parcela e uma contrapartida da Convenção no valor de R$ 19,3 mil. O objetivo do convênio foi a realização do ‘Projeto Cultural e Histórico do Centenário das Assembleias de Deus’, considerado pela Secretaria de Estado de Cultura um evento de cunho cultural e social.

Outro ponto crucial da investigação gira em torno da origem do montante, tendo em vista que não se sabe se o dinheiro saiu do fundo de fomento à cultura ou do orçamento da pasta. O promotor de Justiça Célio Joubert Fúrio, ainda descreve, por meio do inquérito, que a verba é muito grande para uma única festa religiosa. Embora o promotor tenha requisitado informações a respeito do repasse à SEC, nada foi entregue por completo.

Além de Malheiros, o pastor e presidente da convenção do ministério de Madureira em Mato Grosso, José Fernandes Corrêa Noleto, também figura como pessoa a ser investigada, sendo que outros nomes podem aparecer até o desfecho do caso. Por meio de sua assessoria, João Malheiros se defendeu das acusações.

“Isso não é recurso indevido. O governo, através da SEC, fomenta atividades culturais. O próprio Ministério Público aprovou a questão das manifestações de cunho gospel”, afirmou o secretário João Malheiros.

“O Estado é laico, portanto os recursos são difundidos para massa cultural e isso inclui todas as atividades, sendo elas de qualquer religião, mas que envolva manifestações culturais. Todos os segmentos são respaldados”, concluiu.

Pastora é flagrada agredindo a sogra de 80 anos, no Pará

A pastora da Igreja Casa da Benção, em Santarém, no Pará, Maria de Lurdes, foi flagrada pela vizinha, agredindo a própria sogra, de 80 anos. Procurado pela equipe de reportagem, o marido da acusada e também pastor, diz que há seis anos cuida da mãe e desconhece as agressões. 

As imagens foram levadas para o delegado da região que abriu inquérito para apurar o caso e disse que o Estado pode tirar a idosa da família. Os casos de violência começaram a ser registrados esse ano na delegacia do idoso, em Belém, e cerca 50 denúncias já foram recebidas só na região metropolitana.

Em Santarém, Maria de Lurdes será indiciada por agressão física e maus tratos. Os crimes são considerados leve e por esse motivo a acusada não deverá ser presa, mas será condenada a serviços comunitários e doação de cestas básicas.Assista o vídeo:

video

Pastor de igreja pentecostal é preso acusado de estuprar menino de 5 anos

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Rondoniaovivo


Segundo relatos apurados na DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente) o pastor teria vindo de Manaus (AM) para fazer algumas pregações em diversas igrejas nesta capital.

O crime de estupro vulnerável envolvendo um pastor missionário pentecostal, identificado como Alcindo C. M. (47) - foto -, ocorreu no ano de 2000 quando ele foi pernoitar na residência de uma irmã de igreja e acabou praticando o abuso sexual contra o filho dela, um menino de apenas cinco anos. 

Segundo relatos apurados na DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente) o pastor teria vindo de Manaus (AM) para fazer algumas pregações em diversas igrejas nesta capital. Em um domingo, depois do culto ministrado, uma irmã da igreja ofereceu dormida e comida para o evangélico. Na casa da mulher o maníaco dormiu e por volta de 3h da madrugada tentou atacar um menino de 12 que acordou e se trancou no banheiro. Não contente, porém ensandecido, o pastor foi até o quarto do irmão da primeira vítima, onde consumou o abuso sexual.

De acordo com o boletim da delegada, o pastor teria passado um óleo corporal na criança e em seguida introduziu algo duro em seu ânus. No dia seguinte ao abuso o pastor foi embora antes que a família percebesse algo. A família se deslocou até uma delegacia e fez o registro do fato.

Diversas guarnições policiais se uniram porem não conseguiram capturar o pedófilo. Informações de agentes de policia apontam que o pastor estava sendo acobertado por “irmãos” de várias igrejas, que lhe forneciam carro, casa e dinheiro para ele se homiziar.

No início desta tarde o evangélico foi até a delegacia especializada na companhia de um advogado para saber sobre um mandado de prisão existente em seu desfavor e logo ficou preso.

Outras quatro pessoas foram indiciados por favorecimento pessoal e terão de se entender com a Justiça.



Igreja evangélica alemã permite pastores homossexuais na casa pastoral

Na Saxônia, pastores homossexuais poderão viver com seu parceiro na casa pastoral de uma comunidade em "casos excepcionais". Decisão é polêmica e revela divisão interna. Durante meses a Igreja Evangélica Luterana da Saxônia se viu envolvida num debate para decidir se pastores ou pastoras homossexuais poderiam viver com seu parceiro na casa pastoral de uma comunidade. No final de semana passada, o Sínodo (parlamento) da igreja chegou a um acordo.

O Sínodo manteve a união entre um homem e uma mulher como o modelo ideal para a vida pastoral, como concessão àqueles que exigiam a manutenção da atual norma, datada de 2001 e que proíbe casais do mesmo sexo de ocuparem a casa pastoral. Mas, em "casos excepcionais", religiosos homossexuais podem receber a permissão para ocupar a casa pastoral, desde que tenham a aprovação da direção da comunidade, segundo a decisão. 

A Igreja Evangélica Luterana da Saxônia tem cerca de 700 pastores e pastoras e, destes, apenas 15 se declararam homossexuais. Segundo o porta-voz Matthias Oelke, ao menos por enquanto a decisão não tem efeitos práticos, pois nenhum desses pastores manifestou interesse em fazer uso do novo direito.

Divisão interna 

A Igreja Evangélica Luterana da Saxônia foi a terceira das igrejas regionais que formam a Igreja Igreja Evangélica da Alemanha (EKD, na sigla em alemão) a decidir sobre a questão. As primeiras foram as igualmente conservadoras Igrejas Evangélicas de Baden e de Württemberg, que também decidiram a favor dos pastores homossexuais em "casos excepcionais". "Foi uma luta de um ano", afirmou o pastor Christoph Wohlgemuth, de Chemnitz, que se mostrou aliviado com a decisão. 

Ele comparou o processo interno da igreja com o também difícil caminho para assumir a própria homossexualidade. Na Saxônia, um religioso que decidisse assumir sua orientação sexual tinha que estar ciente de que não poderia ocupar a casa pastoral, lembrou. Ele trabalha num hospital e mora numa casa particular. Agora isso pode mudar. Na opinião do estudante de teologia David Keller, homossexuais nem deveriam ser autorizados a exercer o sacerdócio ou assumir cargos eclesiásticos. Keller está fazendo seu doutorado na Faculdade de Teologia de Leipzig, onde diz apoiar um amigo homossexual que teria decidido viver em celibato.

Segundo um outro pastor de Chemnitz, que enviou uma carta às comunidades da Saxônia, a Bíblia vê "a prática da homossexualidade como uma terrível aberração e um dos piores pecados" a despertar a ira de Deus. Mas a maioria dos opositores dos casais homossexuais evita usar termos homofóbicos ao criticar a decisão. Keller, por exemplo, diz ser tolerante em relação aos homossexuais, mas que essa tolerância alcança um limite ético na questão das casas pastorais. Ele exige tolerância também para com os cristãos que se sentirem excluídos da igreja se casais do mesmo sexo vierem a ocupar a casa pastoral. Keller afirma ter uma lista com mais de 7.000 mil nomes de pessoas contrárias à decisão. A Igreja Evangélica Luterana da Saxônia tem cerca de 760 mil membros.

Já para Ralf Michael Ittelmann, do movimento gay-lésbico cristão de Dresden, homossexualidade e cristianismo não são contrários. "Não há nada definitivo sobre esse tema na Bíblia, que fala de práticas específicas, como a pederastia, mas não de parcerias homossexuais." 

Renascer vende pul­seira para reformar antena da TV Gospel

A Igreja Renascer em Cristo está vendendo a R$ 1.000, pulseiras idênticas a de seu líder, o autointitulado apóstolo(??) Estevam Hernandes, para custear a manutenção da antena da TV Gospel, localizada na rua Consolação, em São Paulo. 

O objetivo é arrecadar entre os fiéis cerca de R$ 2 milhões para a obra. Em seus cultos, Hernandes --que já foi preso nos EUA por evasão de divisas-- diz que a verba será utilizada também para as obras de acabamento interno e da parte elétrica do prédio. A assessoria da Renascer afirma que anualmente a igreja realiza campanhas para a reforma de seus prédios e que as doações são voluntárias e não estão vinculadas a venda.

Baixa audiência do “Show da Fé” do missionário R. R. Soares deixa “enormes prejuízos” para a Band, afirma jornalista

O programa Show da Fé, do missionário R. R. Soares tem registrado baixos índices de audiência no horário nobre da Band. Segundo informações do jornalista especializado em TV, Flávio Ricco, o programa registra traço de audiência. Na terminologia dos profissionais de mídia, traço é o registro de menos de um ponto. 

O Ibope classifica a audiência por pontos, e na Região Metropolitana de São Paulo, por exemplo, um ponto equivale a 58 mil televisores ligados. A emissora tem registrado bons índices de audiência nos programas que antecedem a programação da Igreja da Graça, de acordo com Flávio Ricco: “O ‘prime-time’ da Band nunca esteve tão fortalecido como nos tempos atuais. 

O “Brasil Urgente”, do José Luiz Datena, recebendo da Adriane Galisteu, continua alavancando muito bem toda a faixa da noite. Em seu vácuo e também por próprios méritos, o “Jornal da Band” raramente marca alguma coisa abaixo dos 4 ou 5 pontos”, afirma. Porém Ricco aponta que a emissora tem registrado “enormes prejuízos” com a exibição do programa religioso: “A derrubada tem início a partir daí, com a entrada da Igreja Internacional da Graça, do R.R. Soares. Um buraco negro. Dá traço porque não existe menos que isso”, critica o jornalista, que emenda: “A briga pela conquista do terceiro lugar com o SBT, enquanto permanecer o quadro atual, com a igreja no meio, pode ser esquecida”. 

 Fonte: Gospel+

Preso pastor acusado de abusar de crianças no Rio

Jornal do Brasil

Policiais da 60ª DP (Campos Elíseos) prenderam, na tarde desta terça-feira (17), o pastor Adriano Dias da Silva, 28 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. Adriano era investigado pela delegacia há cerca de um mês, por abusar de crianças e adolescentes que frequentavam a igreja na qual ele atua como pastor, no Jardim Primavera, em Duque de Caxias.

De acordo com o titular da 60ª DP, delegado Felipe Curi, o pastor aproveitando-se da condição de líder espiritual, promovia encontros com os adolescentes e crianças, e com a justificativa de realizar estudos bíblicos, cometia os crimes em um quarto nos fundos da igreja. Ainda segundo o delegado, alguns jovens recebiam valores entre R$ 30,00 e R$ 70,00 além de alguns presentes, enquanto outros eram ameaçados de morte caso contassem sobre os encontros.

Seita: Assassinos de mulheres vendiam salgados recheados de carne humana em Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco confirmou, nessa quinta-feira (12), mais uma informação que impressiona pelos requintes de crueldade utilizados pelos acusados Jorge Negromonte, 50 anos, Isabel Cristina, 51, e Bruna Cristina de Oliveira, 25, para matar, esquartejar e enterrar duas mulheres, no quintal de casa, em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco.

Segundo o delegado Wesley Fernando, que está à frente do caso, durante o depoimento de Isabel Cristina, ela confessou que parte dos salgados -- coxinhas, risoles, empadas, entre outros -- que ela fazia para vender na cidades eram recheados com a carne das vítimas. "Depois que eles esquartejavam, a carne era congelada, desfiada e também utilizada para alimentar a família, inclusive dando partes dos corpos para a criança que morava com o trio. Além disso, segundo Isabel, a parte preferida era o coração das vítimas. Mas nada sobrava. Eles também usavam o fígado e os músculos das pernas que eram fervidos e ingeridos, numa espécie de ritual macabro", explicou o delegado. A polícia acredita que esse mesmo ritual foi feito também com outras vítimas.

Até essa quinta, acreditava-se que o nome de Bruna Cristina, amante de Jorge há sete anos, era Jéssica Camila da Silva, de 22 anos. Mas essa pode ter sido a primeira vítima do grupo. Depois do assassinato, Bruna assumiu a identidade da jovem, que morava em Rio Doce, Olidna, Região Metropolitana do Recife. A menina de 5 anos que morava com os acusados pode ser filha de Jéssica. A polícia ainda investiga outros cinco homicídios que podem ter sido praticados pelos três.

VENDEDORA DE SALGADOS - Isabel Cristina Pira, 50, dona de casa, casada com Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, 50, fazia os salgados em casa e saia pelas ruas do centro de Garanhuns vendendo empadas, coxinhas, sempre com o argumento que estava precisando comprar remédios e colocar comida em casa.

O CRIME

A Polícia Civil localizou os corpos de Giselly Helena da Silva, conhecida como "Geisa dos Panfletos" (desaparecida desde o dia 25 de fevereiro) e Alexandra da Silva Falcão, 20 anos (desaparecida desde o dia 12 de março de 2012). Elas foram assassinadas, esquartejadas e enterradas no quintal da casa dos assassinos. Quando a polícia chegou na residência foi recebida por uma criança de apenas cinco anos de idade que mostrou aos policiais, "o local onde os pais mandavam as pessoas para o inferno". Ela foi levada para o Conselho Tutelar da Cidade e os acusados, Jorge Negromonte, Isabel Cristina e Jessica Camila foram encaminhados para a 2ª Delegacia, onde confessaram ter cometido o crime.

REVOLTA - Moradores das Rua das Emboabas, no bairro Jardim Petrópolis - onde aconteceu o crime - arrombaram a residência dos acusados e atearam fogo no imóvel. A Polícia também registrou um saque no local. Quatro pessoas foram detidas.Entre elas, três menores.

LIVRO - Com frieza, Jorge Negromonte registrou cada passo dessa atrocidade em 34 capítulos distribuídos em 54 páginas de ofício. Com direito a ilustrações demoníacas, sumário, biografia e um roteiro de magia negra, o acusado relata como matou as vítimas e o prazer em acabar com, o que ele chama de "adolescentes do mal".

Confira alguns trechos do livro:

CAPÍTULO XXVI

A DIVIDIDA

Vejo aquele corpo no chão, Jéssica desconfia que ainda se encontra com vida, pego uma corda, faço uma forca e coloco no pescoço do corpo, puxo para o banheiro e ligo o chuveiro para todo o sangue escorrer pelo ralo.

Ao olhar para o corpo já sem vida da adolescente do mal, sinto um alívio. Pego uma lamina e começo a retirar toda a sua pele, e logo depois à divido.

Eu, Bel e Jéssica nos alimentamos com a carne do mal, como se fosse um ritual de purificação, e o resto eu enterro no nosso quintal, cada parte em um lugar diferente...

Igreja Universal é acusada de extorquir presos da Penitenciária Central

José Ribamar Trindade
Redação 24 Horas News


A Igreja Universal, dona de um dos maiores impérios de fortuna no país é acusada de extorquir presos da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Quem não paga, é discriminado e não faz mais parte do grupo seleto de presos que rende à igreja, em média, R$ 30 mil por mês. Entre os detentos, uma ironia bíblica: chamam a vantagem de pagamento de dízimo.

A denúncia começou com o interrogatório de um preso a um juiz de Várzea Grande (Grande Cuiabá). Por não ter dinheiro, o preso conta que foi colocado de lado. Ficava de castigo, longe dos outros que pagavam em dia e que tinham mordomias na Ala dos Evengélicos.

O caso chegou até o Ministério Público Estadual (MPE), que nas investigações representou pela busca e apreensão dos objetos usados pela Igreja Universal na Penitenciária Central, inclusive computadores e documentos contábeis que a igreja mantinha dentro da casa de reclusão.

Nas investigações, o Ministério Público comprovou que os presos que pagam tinham todos os tipos de mordomias. Eram “intocáveis”, e podiam fazer de tudo, pois viviam como se estivessem casa, com uso de televisão, filmes, água gelada, boas comidas, e e outras mordomias que ainda estão sendo investigadas.

O promotor de Justiça Célio Wilson de Oliveira, da Vara de Execuções Penais confirmou as denúncias de extorsão, mas não quis se prolongar sobre o assunto. “As investigações são mais longas do que se imagina, por isso vamos aguardas as conclusões”, comentou rapidamente Célio Wilson.

A reportagem do Portal de Notícias 24 Horas News conversou com um preso da Penitenciária central que confirmou: “Os caras cobram e quem não paga não tem direito nem a água gelada. Quem paga tem até filme pornô”.

A reportagem tentou conversar com representantes da Igreja Universal, em Cuiabá, mas ninguém atendeu o telefone.

Menina de 14 anos é violentada por diácono

Homem foi pego em flagrante abusando da menor. Ele era amigo da família e frequentador da mesma igreja.

Uma menina feliz, com boas notas na escola e alegre. Assim ela é descrita pela família. Com apenas 14 anos, a estudante T.S.P. teria sido estuprada pelo diácono (servidor de igreja) Jaime da Silva, de 48, da Igreja do Evangelho Quadrangular, por pelo menos um ano, em Sorocaba, no interior.

Pedreiro de profissão, Jaime foi preso em flagrante pela Guarda Civil na Avenida Fulvio Cláudio Biazzi. Os guardas viram o Ford Focus dele parado e suspeitaram que poderia ser produto de furto ou de roubo. “Fizemos a abordagem pelo vidro. Ele estava seminu, sem camiseta, e ela nua”, contou o GCM Alexsandro. “Eu e os colegas já vimos muitas, mas um líder religioso com uma criança foi a primeira vez”, afirmou.

Ao ver os guardas, o diácono, de imediato, pulou para o banco da frente, apertando as calças. A menina começou a chorar. “Durante todo esse tempo, o criminoso abusou da menina sem fazer conjunção carnal forçada, penetração”, diz o GCM Alison.

“A menina disse que ele ameaçava matar seus pais. Com medo, se sujeitou às fantasias sexuais dele. Havia masturbação e brincadeiras com mãos.”

Na delegacia, a mãe da jovem, de 48, lamentava ter confiado no homem, que rondava a escola em que a menina estudava com a intenção de seduzi-la. “Nunca pensei que ele abordasse nossa filha na entrada e saída da escola." A mãe revelou que Jaime frequentava sua casa e era amigo de seu marido. “Eu confiava nele. Ele é diácono da nossa igreja”, disse.

“O agressor dava presentes, doces e dinheiro para a vítima”, afirmou Jaqueline Coutinho, delegada de Defesa da Mulher.

Na chegada à delegacia, o pai da jovem, um jardineiro de 48 anos, foi à viatura da GCM para confrontar o acusado. O diálogo entre os dois foi tenso. “Como você prega e depois estupra a filha dos outros?”, disse, com dedo em riste para Jaime. “Tudo não passa de um mal-entendido. Tratei a menina como se fosse minha filha”, defendeu-se o acusado. “Você é um crente vagabundo”, retrucou o pai.

Maioria de estupradores está acima de qualquer suspeita

A Delegacia da Defesa da Mulher orienta aos pais a monitorar os filhos e não repassar a criação deles a terceiros. Segundo a delegada Jaqueline Coutinho, o pedófilo, na maioria das vezes, é uma figura da comunidade que está acima de qualquer suspeita, como era o caso de Jaime da Silva. “O pai deve desconfiar de qualquer um, inclusive se for da família ou do círculo de amizades”, afirma. “Deve se comprometer com a educação dos meninos, seguir seus passos, ver onde vai e onde está. Não caia nessa de que a pessoa tem credibilidade e moral”, diz.

No caso de Jaime da Silva, a delegada ressalta que ele tinha o respeito da comunidade religiosa. Recomenda aos pais que jamais deixem os filhos sozinhos em local ermo. “Assim, evita assédio sexual e acidentes graves.”

Muitos casos de desaparecimento e atropelamento ocorrem quando as crianças estão sozinhas ou com seus pais distraídos. “É nessa idade que as crianças pedem para ir à rua o tempo todo. Eles não sentem e nem têm dimensão do perigo. Saem com a ideia de brincar apenas. É importante vigiá-las o máximo possível”, diz a delegada.

NOTÍCIAS CRISTÃS

Bancos do México cancelam as contas da Igreja Universal do Reino de Deus por causa de acusações de lavagem de dinheiro

Depois das acusações de lavagem de dinheiro feitas Ministério Público brasileiro contra líderes da Igreja Universal, pelo menos três bancos mexicanos encerraram as contas das igrejas. Líderes da igreja são acusados de lavar dinheiro e enviá-lo ilegalmente aos Estados Unidos. As acusações pairam sobre o líder da igreja, o bispo Edir Macedo, e outros três encarregados da denominação.

No total foram canceladas, no México, cinco contas de cheques e um investimento de prazo fixo e a igreja se viu obrigada a retirar os fundos que tinha nelas. Foram canceladas contas da igreja nos bancos Santander, Ixe, e Banamex.

Encarregados da igreja receberam uma mensagem do banco Banamex afirmando: “O Banamex, atendendo a seus interesses, tomou a determinação de dar por terminado o contrado com o senhor e, como consequência disto, procederemos ao cancelamento de contas e serviços”.

Diante dessa situação, conforme informado pela agência EFE, a igreja se manifestou em seu programa televisivo, “Pare de Sofrer”, afirmando ter sido a ela negada “o acesso ao serviço que todo mexicano tem de acessar o serviço do Sistema Financeiro Mexicano”.

Fonte: Gospel+

SMCCU lacra igreja irregular no Vergel do Lago, em Maceió

A Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU), por meio do Departamento de Fiscalização e Posturas, lacrou, na semana passada, uma igreja que funcionava irregularmente no Vergel do Lago.

Através de denúncias feitas pela comunidade, os fiscais identificaram que a Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério da Última Hora não possuía autorização para realizar as atividades no local e ainda emitia barulhos que ultrapassavam os limites tolerados pelos seres humanos.

Os fiscais lacraram o prédio após notificar duas vezes, desde o ano passado, o representante da igreja. Com o não cumprimento da determinação, a SMCCU foi obrigada a embargar o local, de acordo com as normas do Código de Posturas de Maceió.

Segundo o superintendente, Galvaci de Assis, para voltar às atividades a igreja deverá requerer à SMCCU uma licença e se comprometer a não produzir sons, de qualquer natureza, que cause danos à saúde das pessoas. “Para funcionar, o representante deverá solicitar a taxa de localização e apresentar um projeto de isolamento acústico para que o som não atrapalhe os vizinhos”, afirmou.

Ex-BBB evangélica, Kelly Medeiros, posa para ensaio fotográfico sensual e afirma ter sentido falta de sexo durante o programa

Após afirmar que não pensava na possibilidade do posar nua, a participante evangélica da décima segunda edição do Big Brother Brasil, Kelly Medeiros, posou em um ensaio sensual para o site Paparazzo. O ensaio foi realizado no Portobello Resort, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro e divulgado no último sábado (31).

Durante o ensaio, a ex-participante do reality show estava acompanhada do namorado Fernando David. “Eu que pedi para ele vir. Somos muito companheiros em tudo e me sinto mais segura com ele ao meu lado”, afirmou Kelly, que de acordo com o site Ego contou ter sentido falta de sexo no tempo que passou confinada no programa. Senti falta de sexo na casa e muitas vezes precisava respirar fundo para esquecer a vontade. Quando os outros brothers começavam a falar do assunto, saía de perto para não surtar”, disse a moça.

Apelidada pelo apresentador do programa, de guerreira Kelly posou para as fotos debaixo de chuva e afirmou: “Isto aqui está sendo um sonho para mim, como vou dizer não? Sou guerreira e batalhadora, não é o frio nem a chuva que vão me fazer desistir. Este ensaio vai ficar lindo”.

Gospel+